Cê acha mano!?

,

Pages

Subscribe:

Adicione ao G+

Busca Neste Site

30/08/2005

Mas e se...

Fizessemos uma "tradução" do Hino Nacional .

Eu gosto dele do jeito que tá, mas é um portugues muito formal, muito caxias.
Devia ser muito dificil falar com todas essas palavras dificeis, o Sr. Joaquin Osório Duque Estrada, caprichou né !


Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico um brado retumbante
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da pátria nesse instante...


Na tradução ficaria assim

Do barranco do "córguin" ouviu-se
um grito alto pra caralho, de um povo foda
Tava um sol forte,
pleno meio-dia, mas isso é Brasil...


Ia ficar legal, mas acho que não o cantariam mais em solenidades.
.
.
.

27/08/2005

Aerosol Art.

Idéia é criar galeria de arte a céu aberto.

Eu gosto pacarai de grafite e por um tempo até grafitei, adorava sair à noite de bicicleta pra fazer um "rolê".
Tenho varios amigos que ainda grafitam, um deles (o Pex), está na Itália fazendo a cenografia de uns espetáculos de dança no verão europeu, e aproveitando pra deixar a marca dele por lá. Ele ficará muito contente de ver a abertura que o Gov. Geraldo Alckmin ta dando pra essa arte, já que mesmo não sendo um puuuuta incentivo, reforça a idéia de que Grafiteiro não é Pixador.



Ta ai, essa eu gostei!!!.

.
.
.

25/08/2005

Não tomar uma decisão, já é tomar uma decisão.

... Que Cultiva a liberdade no concreto da Cidade ...


Estou a poucos dias de ver uma decisão minha se concretizar.

Não uma qualquer, vou deixar minha estabilidade (porém inércia, porque sei que não irá pra frente), pra correr atras de outro algo, que nem eu sei o que vai ser ainda.
Sempre curti sons nacionais, RAP em particular, e uma musica que ta servindo como trilha sonora desses meus dias de angustia, toda mudança vem precedida de ansiedade, e é assim que eu estou, ANSIOSO, esse som ta me fazendo relaxar.

Você é livre? / Você vive? / ou só Sobrevive ?

Assim começa a música do Kamau com o Instituto.
Muitos só sobrevivem, alias acho que a grande maioria.

Outro trecho da musica diz assim:

Entre as paredes de concreto da cidade, se esconde o mundo
de quem faz qualquer negócio só pra não ser taxado de vagabundo

Sonhos de adultos se dissipam por segundo a cada insulto do patrão
É o culto do faz de conta que eu sou feliz assim
Salário no fim do mês é o que conta paga as contas e faz bem pra mim

Não é o caso em que eu me encaixo
Sonho alto de mais pra viver por baixo igual capacho

E acho que existem outros por aí
Que olham pras paredes só pensando em demolir
Pra ser livre, mas na real nem sabe como
Perdeu toda noção acustumado a viver com dono

Não condeno, mas não concordo e não me adapto
Fora das paredes mais inspiração eu capto
Me sinto apto pra cantar a liberdade
Que se esconde entre as paredes de concreto da cidade


Sem preconceitos baixe a musica, ouça e depois me fale o que achou, o link lá já é pro download.

Já disseram que eu estou estafado, outros que eu sou louco, mas prefiro tentar e me f* agora do que ficar me iludindo com a historinha de multinacional, esperar oportunidade, que eu sou novo demais ainda, que se foda tudo isso.

Faz poucos dias ouvi de um pessoal lá que não me julgavam "responsavel" o suficiente, que se eu tivesse mulher e filhos, quem sabe botariam mais fé em mim. Ha Ha Ha, pra mim, casar e ter filhos com 23 anos e emprego mediocre que é irresponsabilidade.
Fazer o que né.
.
Mas vamos voltar ao assunto do Rap lá, baixa logo, e ja aproveita pra acabar com aquele paradigma de que Rap só fala de violência porque esse é ótimo e não fala em sangue, que quem canta Rap é Semi-analfabeto, porque o Kamau, o cara que canta, fazia Matemática em uma Federal dessas da vida, se não me engano São Carlos. Baixe Aqui
.
.
.
. um abraço e fiquemos em paz.

24/08/2005

E eu continuo na luta

O problema não era comigo.

Desde Sexta-Feira meu Pc resolveu fazer cagadas, começou com um "pau de Windows" (novidade!!!) e culminou com uma fonte queimada, a segunda esse mês.

Passaram muitas coisas pela cabeça pra escrever, maaaaas, até este exato momento não retornou nenhuma.

Amanhã eu vou organizar alguns pensamentos.
.
.
.Fui.
Um beijo do Magro.

16/08/2005

Sou um VIRGULODEPENDENTE

Um dia eu me livro delas.
As vezes eu me incomodo com as coisas que escrevo, penso, e vejo que escrevo muitas palavras (pra dizer poucas coisas), sempre usando aspas, "tentando explicar as coisas usando parenteses".
Por outro lado uso pouquissimo as reticências, ou não ...
Me perco nas minhas virgulas vez ou outra, quase nunca uso um sinal de exclamação !
Tudo é sempre muito bem afirmado (?!), uma infinidade de vírgulas, tentando, de alguma forma, não sei como (talvez eu saiba) deixar tudo "minuciosamente" esclarecido. Por mim nem existiria ponto final, alias um só ponto final (no fim, é claro), o resto seria só uma sequência de vírgulas.

Prefiro muito mais, ser dessa forma, uma pessoa cheia de virgulas e parenteses, os textos saem cheios dessas coisas pra tentar suprir a expressão de quando eu falo algo, as frases saem junto à expressão, o chacoalhar de mãos, a respiração pausa, acelera, fica mais rouca, aguda, é uma porção de coisa que se perde nessa metamorfose " Falada > Escrita ".

Pior deve ser as pessoas-reticencias, e pior as pessoas-exclamações, sempre afirmativas, donas da verdade impondo-se, e as pessoas-reticencias sempre deixando um que de ... continue pra mim por favor, os interrogativos tambem, vixe esses me dão uma sensação de " e dai ? ", parece que é sempre essa a interrogação dessas pessoas.

Por isso me explico
me repito (me replico)
"com aspas" "duplas ainda"
falando mesmo !
escrevendo tambem,
é isso que dá escrever compulsivamente.


12/08/2005

sem sono 1:17

Ja sou um cabo eleitoral.

Tava vendo o Jô agora, e era uma entrevista com a deputada federal Luciana Genro, filha do Tarso Genro, que estava com uma camiseta do P-SOL, ta ficando meio chato né, mas pelo menos agora até no programa da Hebe Camargo então falando de política, daqui uns dias até o Raul Gil vai chamar uns calouros a políticos.

Agorinha, perto do fim da entrevista ela falou da senadora Heloisa Helena e da candidatura da mesma à presidencia da República. Poisé, eu voto nessa mulher, seria bem interessante ela como presidente.

Apesar de não ser muito socialista, eu concordo com algumas paradas que ela diz, será interessante ver essa mulher no poder. Eu votei no Lula nas ultimas eleições, e votarei na Heloisa Helena nas proximas.
E assim sucessivamente atéééééééééé, quem sabe um dia, as coisas começarem a dar certo.

Pra quem não ta muito ligado, lembra quando teve um racha no PT, que expulsaram umas pessoas porque elas discordavam do governo, essas duas ai mais o Babá ( aquela figura de cabelos longos, com somente um modelo de roupa, quase caricato) foram os de maior notoriedade, poisé, eles fundaram o P-SOL Partido Socialismo e Liberdade.


Sei não, acho que daqui até o fim do ano vai morrer muita gente que ta envolvida nesse negocio de mensalão, corrupção no PT e talecoisa.
.
.

09/08/2005

Tristes, felizes e apáticos

Eu curto pessoas felizes...

... quando não estou na presença delas aceito as que estão tristes, mas o que me emputece mesmo são os "apáticos", apatia é uma merda.

Alegria, puta que pariu é muito bom, contagia transforma o dia de todo mundo, até de quem ta triste, há uma troca de sentimentos, mas os apaticos, esses são uns filhos da puta.
Ficam lá com cara de paisagem, não se interessam por nada.
Até um cara que está triste, tem estimulos pra ficar triste, sejam internos ou externos, vão estimulando e exercitando sua tristeza, dividindo com os outros, as vezes são tão negativos que te contaminam, enquanto os apaticos (esses miseraveis) não sabem o que tem ou querem.

As vezes sugam seus sentimentos, enfraquecem tua alegria, a troco de nada.

A pessoa acometida pela apatia, você saca o que é apatia ? , não sabe, tá de forma simples e direta eu vou falar. Apatia (bem simploriamente falando) é mais ou menos aquele sentimento que você tem pelo sexo depois do sexo [rs]. Um que de "não sei o que tenho".

Apatia é como se você sentisse [tsc,tsc] o lance do sexo, mas em relação a tudo, vida, amigos, escola, namoro e etc... blá blaá.
É ruim hein, eu acho que os apáticos não sacam que estão sendo apáticos.
Deve ser que nem bafo, temos que arrumar uma forma delicada pra falar que o fulano ta com bafo, pq ele num sente.


Pessoas alegres são Vermelhas, verdes, amarelo vivo, as tristes são Tons escuros de azul ou tons escuros de verde e os apaticos (esses atoas) são beges, amarelo-fezes.
.
Acho que é só, um abraço e ótimo inicio de semana a todos.
.
.
.
.poutz, você por aqui? que bom, deixe sua marca nos comentarios para que eu possa agradecer.
 
Licença Creative Commons
Este trabalho de achamano, foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em achamano.blogspot.com.br.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em http://achamano.blogspot.com.br/.